Notícia

14/07/2017

A Prefeitura de São Paulo anunciou na manhã desta sexta-feira, 14 de julho de 2017, que a cidade deve ter 60 ônibus elétricos no lugar de veículos a diesel. As mudanças ocorrem na empresa Ambiental Transportes, que opera na zona Leste de São Paulo até a região central. Ao Diário do Transporte, o diretor de marketing, novos negócios e sustentabilidade da BYD, Adalberto Maluf, empresa chinesa que fabrica ônibus elétricos em Campinas, no interior de São Paulo, disse no início desta tarde que a alimentação das baterias deste ônibus será por placas que captam a energia solar e transformaram em elétrica. “O projeto é muito legal e a conta fecha, além de ambientalmente positivo, financeiramente se sustenta” Na manhã de hoje a prefeitura apresentou um modelo da BYD com carroceria Caio, que o Diário do Transporte tinha antecipado na noite de ontem. Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2017/07/13/bydcaio-millennium-ja-esta-em-garagem-de-sao-paulo/ O ônibus tem baterias com autonomia em torno de 300 quilômetros, dependendo das operações, e usa o sistema de frenagem regenerativa, que aproveita a energia gerada quando o ônibus frear. A empresa Ambiental já opera com 200 trólebus que serão mantidos em serviço. O modelo da BYD, feito em Campinas, no interior de São Paulo, recebe carroceria Caio Millenium IV, fabricada em Botucatu, também no interior paulista

Fonte - Diário do Transporte