Notícia

17/02/2017

Durante reunião do Conselho Municipal de Transportes e Trânsito, ocorrida nesta quinta-feira, 16 de fevereiro, o Secretários dos Transportes e Mobilidade de São Paulo, Sergio Avelleda, respondeu sobre o transporte limpo em novos projetos da prefeitura. Segundo Avelleda, os veículos com tecnologia limpa embarcada parecem ser a solução mais viável. Ou seja, movidos a bateria ou híbridos. A declaração evidencia que a administração municipal não tem planos a expansão do sistema trólebus. Os ônibus elétricos que são tracionados sem a necessidade de rede aérea vem se popularizando no mundo. Atualmente na cidade, três veículos de tecnologia da empresa Chinesa BYD operam em testes. Além desta montadora, outras gigantes também desenvolvem ônibus de tração elétrica, como a Scania e a Toyota. Recentemente a Volvo comercializou 90 veículos elétricos plugin para a Bélgica. Já em Londres, nos próximos meses, cerca de 20% da frota será movida ou por ônibus elétricos ou por veículos híbridos. Na China, foi contabilizado no ano de 2016, 115.700 ônibus elétricos vendidos. Em foram apenas 1.672 unidades.

Fonte - Via Trolebus