Notícia

15/02/2017

Ao longo de 10 anos, o Toyota Prius Plug-in estabeleceu-se como bandeira da marca e a expressão máxima de inovação no domínio da liderança tecnológica e ambiental. Desde a introdução da primeira geração do Prius Plug-in em 2007 foram vendidos 78mil unidades deste híbrido plug-in em todo o mundo, 11mil das quais na Europa. A Toyota foi a primeira marca de automóveis a disponibilizar ao mundo a tecnologia PHV (Plug-in Hybrid Vehicle). Hoje, com o lançamento da segunda geração do Prius Plug-in está a ser dado mais um passo em direção ao seu objetivo de reduzir as emissões de CO2 de toda a frota de modelos em 90% até 2050 através do uso de tecnologias HV (Veículos Híbridos) PHV (híbridos plug-in), EV (Veículos Elétricos) e FCV (Veículos a Pilha de Combustível). Constituindo uma resposta expressiva aos comentários feitos pelos clientes relativamente à primeira geração do Prius Plug-in, o novo PHV da Toyota não só representa uma evolução significativa do Prius da última geração como é também um veículo verdadeiramente único por direito próprio. O design do novo modelo foi profundamente alterado sendo agora distinto do Prius, reforçando o carácter vanguardista do modelo. Este ícónico híbrido plug-in possui inúmeros avanços tecnológicos sofisticados, incluindo duas estreias na Toyota - um Sistema de Aquecimento de Bateria e um sistema de locomoção de Duplo Motor Elétrico - e duas estreias mundiais - um tejadilho solar para aumentar a autonomia de condução elétrica e ar condicionado com bomba de calor com injeção de gás. Com uma autonomia elétrica que mais do que duplica para mais de 50 km e velocidade máxima elétrica aumentada de 85 para 135 km/h, o novo Prius Plug-in representa um enorme salto em termos de eficiência, desempenho de condução e inovação e estilo, ao mesmo tempo que se mantém fiel ao objetivo da Toyota de criar hoje o mais evoluído automóvel ecológico.

Fonte - Auto News