Notícia

19/06/2017

Kombi vai voltar, pelo menos na Europa e possivelmente nos Estados Unidos, na forma de uma minivan futurista movida 100% a energia elétrica. Herbert Diess, o chefão da Volkswagen, confirmou na sexta passada (16), durante o lançamento da nova geração do Polo, que a montadora alemã vai transformar em modelo produzido em série o conceito ID Buzz, apresentado em janeiro durante o Salão de Detroit, nos Estados Unidos, e fortemente inspirado no desenho da Kombi original. Segundo Diess declarou para a publicação “Auto Express”, a Volks “decidiu recentemente” que vai produzir a van, salientando que carros “emocionais" como o Fusca atual, modernos porém inspirados em modelos do passado, “são muito importantes para a marca”. Construído sobre a nova plataforma MEB, específica para veículos elétricos, a ID Buzz na verdade integra uma família de carros movidos exclusivamente a eletricidade, da qual também já foi revelado o ID Concept, um hatch, no Salão de Paris (França) no ano passado. A família ID também terá um sedã e um SUV e deve chegar ao mercado por volta de 2020. A nova Kombi será menor que a original, mas tem proporções que remetem claramente ao modelo do passado, descontinuado no Brasil no fim de 2013 e que ainda é comercializado no mercado europeu, em uma versão bem mais moderna que a nossa, chamada de Transporter ou T6. Além disso, levando em conta o conceito, terá cabine modular, com possibilidade de colocar os bancos em diferentes posições - são até oito. Além disso, os assentos se movem em 180 º. O protótipo mostrado em Detroit também conta, ao menos no papel, com capacidade de condução autônoma, sem a necessidade de um motorista atrás do volante - que, aliás, é uma peça ovalada com uma tela sensível ao toque integrada. Resta esperar e ver o quanto dessas tecnologias avançadas vai estar na nova Kombi, ou ID Buzz, quando ela chegar às concessionárias. Quem sabe ela também vem para o Brasil?

Fonte - Webmotors